Alunos têm muito a ensinar a um profissional como ser um bom professor

O professor é uma das figuras mais importantes no desenvolvimento de seus alunos, seja na educação básica ou avançada. É por meio dele que os alunos adquirem os conhecimentos e desenvolvem as habilidades necessárias para se formarem como cidadãos. Por isso, os profissionais devem estar capacitados para transmitir esses conhecimentos de forma eficaz e saudável.

Mas, diante do mundo globalizado e avançado que vivemos hoje, é muito importante considerar que o aprendizado em salas de aula acontece em duas vias: de professor para aluno e vice-versa. Esse é um fato que tem gerado muitos questionamentos sobre “como ser professor”, por parte de profissionais que já atuam na área. Neste post vamos mostrar a você o que um aluno tem a ensinar a seus educadores nas escolas.

Ouça e aprenda

Um dos quesitos que torna o aprendizado mais agradável e eficaz em sala de aula, é quando se mantém um bom relacionamento com seus alunos. Isso está diretamente relacionado à capacidade que um educador tem em ouvir os seus alunos.

Essa é uma dificuldade que muitos professores têm, que por serem formados em uma área que os capacita a ensinar, acham que não precisam de uma segunda opinião, principalmente vindo de seus alunos.

Mas, é muito importante considerar o que eles têm a dizer, não apenas sobre um conteúdo específico, mas em relação ao método de ensino e situações vivenciadas que podem contribuir para a formação de todos os outros colegas, e principalmente de você como um bom educador.

 

Esteja aberto a sugestões e novas ideias

Geralmente, observamos queixas de alunos que dizem que seus professores são extremamente rígidos e não estão abertos a sugestões.

Você, na posição de professor, deve pensar sempre como se seus alunos fossem seus clientes, e por isso, é essencial estar aberto a sugestões e novas ideias para aperfeiçoar o seu trabalho.

Independente da idade, seus alunos são capazes de avaliar se você está sendo um bom professor, seja com relação ao desempenho em provas e trabalho ou o desenvolvimento de um raciocínio lógico.

Por isso, é muito importante dar abertura para que eles dialoguem e possam fazer sugestões para tornar o aprendizado de ambos, professor e alunos, cada vez melhor.

 

Incentive a participação em sala de aula

O envolvimento do aluno em sala de aula é muito importante para o aprendizado de conteúdos e desenvolvimento social.

Alguns professores cometem o erro de não deixarem que seus alunos participem ativamente das aulas, tornando eles apenas ouvintes.

Mas, é muito importante incentivar que eles participem do processo educacional, já que podem apresentar ideias e pontos de vista com relação a um conteúdo que irão enriquecer o conhecimento de colegas e de você como educador.

Permita o uso da tecnologia

O uso da tecnologia em sala de aula é um dos problemas mais frequentes vistos em escolas de ensino básico. Isso porque muitos educadores acreditam que aparelhos eletrônicos como celulares e tablets podem atrapalhar no desenvolvimento das aulas.

Mas, com o mundo cada vez mais conectado, crianças e jovens estão encontrando outras formas de aprenderem, o que surpreende muitos professores e acaba os ensinando novas formas de transmitir o conhecimento.

De forma planejada e cautelosa, o uso da tecnologia no processo educacional pode tornar o aprendizado mais eficaz e interessante. A estratégia já está sendo utilizada, mesmo que timidamente, pelo Ministério da Educação (MEC) em programas de incentivo tecnológico.

Por isso, esteja sempre atento ao que os seus alunos têm a dizer e ensinar, agregando não só o seu conhecimento, mas aperfeiçoando a sua forma de ensinar, fazendo com que você se destaque entre outros profissionais.

Um comentário sobre “Alunos têm muito a ensinar a um profissional como ser um bom professor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *